Cólica na gravidez é normal? Entenda o que fazer e quando se preocupar

Cólica na gravidez é normal? Entenda o que fazer e quando se preocupar

Por Dr. Jaime Kulak  


Cólica na gravidez é um sintoma comum e normal, especialmente no início do período gestacional.  

Algumas mulheres sentem dores fortes, podendo ser acompanhadas de outros sintomas. Nesses casos, é necessária a intervenção médica para fazer uma análise mais detalhada se esses sintomas estão ou não atrelado a outras complicações. 

É normal sentir cólica na gravidez?  

A cólica na gravidez é normal e pode ocorrer durante todo o período gestacional. É mais comum nas primeiras semanas devido ao crescimento do bebê e adaptação do útero a este desenvolvimento. Está presente também no final da gestação, dando indícios do início do trabalho de parto.  
 

Corrimento marrom e cólica são sintomas comuns?  

Corrimento e cólica são sintomas comuns, principalmente nas primeiras semanas da gestação. Ocorrem pelo início do desenvolvimento placentário e sua aderência à parede interna do útero.  É desta forma que o feto vai ter sua nutrição assegurada para um bom desenvolvimento. 
 

Causas de cólica durante a gravidez  

As cólicas na gestação geralmente são causadas pela distensão uterina e também dos ligamentos que sustentam o útero na parte interna do abdômen. Com o crescimento do feto, estes ligamentos se distendem para acompanhar o desenvolvimento do bebê. Mudanças na alimentação também podem provocar cólicas e o obstetra deve ser avisado para uma melhor orientação.  

A presença dos hormônios da gravidez pode interferir no funcionamento de trato digestivo. Além disso, com o crescimento do útero as alças intestinais vão sendo redistribuídas e outros órgãos e estruturas deslocadas podendo gerar dores abdominais, que podem ser confundidas com cólicas. 
 

Quando devo me preocupar com cólica durante a gestação?  

A dor persistente e de forte intensidade acompanhada ou não de sangramento, ou alteração urinária, deve sempre ser notificada ao obstetra.  
 

Como são as cólicas no início da gravidez?   

No primeiro trimestre de gestação, as cólicas geralmente são leves e ocasionais, não necessitando, na maioria das vezes, de tratamento medicamentoso.  
 

Sentir cólica forte na gravidez pode ser um sinal de alerta?  

Sim, a dor de forte intensidade não é normal durante a gestação e o obstetra deve ser avisado.  
 

Quando procurar um médico?  

Quando houver aumento na intensidade e na frequência das cólicas, e acompanhadas por outros sintomas, como sangramento, febre, calafrios, vômitos e dor ao urinar. Nas primeiras semanas de gestação, elas podem indicar o risco de abortamento. Já a partir do terceiro mês de gestação, a presença destes sintomas pode indicar a possibilidade de um abortamento tardio ou parto prematuro, que deve ser avaliado pelo obstetra.  
 

Como aliviar cólica na gravidez?  

O tratamento deve ser feito baseado na causa das cólicas após a avaliação do médico. Analgésicos, antiespasmódicos e mesmo antibióticos podem ser utilizados. Sempre com prescrição médica.  
 

É normal ter cólicas no final da gravidez?  

As cólicas no final da gravidez são esporádicas e são um preparo para o útero entrar realmente em trabalho de parto. Elas têm uma função importante para posicionar o bebê de forma adequada dentro do útero.  A dor do trabalho de parto é também uma dor semelhante a cólica, porém, ela tem como característica aparecer em intervalos cada vez mais frequentes e com maior intensidade, o que pode caracterizar o trabalho de parto. Quando isto ocorre antes de 37 semanas de gestação, passa a ser chamado de trabalho de parto prematuro e deve ser adequadamente avaliado.  
 

Qual a diferença entre cólica menstrual e cólica de gravidez?  

Na verdade, ambas são muito semelhantes ao ponto de algumas mulheres não saberem diferenciar, se estão no início da gestação, se estão para menstruar ou se estão realmente em gestação inicial.