Glicemia de jejum: Saiba interpretar os níveis de glicose no exame

Glicemia de jejum normal ou alterada: entenda a taxa de glicose

A glicemia de jejum é um exame que consiste em uma coleta de sangue para avaliar possíveis casos de diabetes. Entenda mais sobre:

O que é glicemia?

A glicemia é a quantidade de açúcar no sangue. Essa concentração varia durante o dia, por depender da alimentação, atividade física, tempo de jejum, medicamentos, etc.

Quando fazer o exame glicemia em jejum?

A glicemia de jejum deve ser realizada sempre que houver suspeita de um diagnóstico de diabetes e para controle metabólico ao menos uma vez por ano.

Para realizar esse e outros exames, como hemoglobina glicada, basta agendar online no nosso site. 

Níveis de glicose normal em jejum

O nível de glicose é considerado normal quando está inferior a 100 mg/dL. A glicemia de jejum deverá ser feita com o mínimo de 8 horas e o máximo de 14 horas de jejum.

Quanto de glicose é considerado diabetes?

Dosagens de glicemia de jejum acima de 126mg/dL, confirmadas em mais de uma amostra, são sugestivas de diabetes.

Exames de colesterol e tireoide, podem ser excelentes auxiliadores para investigar a diabetes. 

Glicose alta: o que fazer?

Quando o nível de glicose está entre 100-125 mg/dl, significa que a glicemia de jejum está alterada e requer mudanças de hábitos de vida, como investir em uma alimentação saudável rica em fibras e em atividade física regular. Em alguns casos, o uso de medicamentos pode auxiliar no controle dos níveis de glicemia.

Possíveis riscos de níveis de glicose alta:

O diabetes cursa com níveis elevados de glicemia, que se não tratada pode causar alterações no funcionamento de vários órgãos e sistemas. 

As complicações mais frequentes quando a glicose está alta são:

  • Infecções frequentes e com maior gravidade;

  • Cicatrização mais lenta;

  • Maior risco cardiovascular;

  • Maior risco de derrame (AVC);

  • Problemas de rim;

  • Redução e perda da visão.

Glicose baixa: o que fazer?

A glicose baixa, ou hipoglicemia, pode ocorrer em qualquer pessoa. Caracteriza-se por glicemia abaixo de 70mg/dl e pode estar relacionada com longos períodos de jejum, atividade física, uso de medicamentos e consumo de bebida alcoólica.

O quadro é mais grave quando acontece em pessoas já portadoras de diabetes.

Para evitar a hipoglicemia devemos:

  • Evitar longos períodos de jejum;

  • Alimentar-se antes das atividades físicas e repor carboidratos se a atividade física durar mais de 90 minutos;

  • Usar medicamentos somente após orientação médica.

Possíveis riscos de níveis de glicose baixa:

A glicose é a única fonte de energia para o cérebro. A hipoglicemia pode causar vários sintomas, inclusive desmaio e coma. Outros sintomas incluem:

  • Sudorese;

  • Sensação de fome;

  • Tremores;

  • Irritabilidade;

  • Confusão mental;

  • Sonolência;

  • Torpor;

  • Sincome.

O que pode alterar o exame de glicemia de jejum?

A dosagem da glicemia de jejum pode sofrer interferência se houver consumo de alimentos ou bebidas açucaradas antes da realização do exame, jejum prolongado, medicamentos, atividade física, estresse e medo da coleta.