Vacina da gripe e vacina do COVID-19: mitos e verdades

Vacina da gripe e vacina do COVID-19: mitos e verdades

 

A vacina da gripe e a vacina do COVID-19 são duas excelentes alternativas para prevenir ambas as doenças. Além de serem altamente seguras, são eficazes e as melhores formas de proteger todos ao nosso redor de contrair infecções virais. 

Você sabia que uma não substitui a outra e que devemos, sim, tomar as duas vacinas?

”Tomando a vacina do COVID-19, não preciso tomar a vacina da gripe”

Essa informação não é verdadeira. As pessoas que tomaram a vacina COVID-19 também devem se imunizar contra a gripe, isso porque cada vacina previne doenças diferentes.

É possível ter gripe e coronavírus ao mesmo tempo?

Sim. Pesquisas recentes apontam que, embora muito raro, é possível contrair a gripe e a COVID-19 ao mesmo tempo.

De acordo com o artigo publicado pelo National Geographic, os sintomas de ambas as doenças são muito semelhantes, o que pode interferir no diagnóstico.

A diretora sênior de prevenção de infecções da Escola de Medicina da Universidade Johns Hopkins em Baltimore, Lisa Maragakis, explica que os casos de gripe podem evoluir para quadros graves de pneumonia, assim como a COVID-19.

Para evitar esses tipos de complicações no diagnóstico, recomenda-se a imunização contra a gripe para todas as pessoas com mais de 6 meses de vida, e, assim que estiver disponível, a vacinação contra COVID-19 também.

A vacina da gripe fornece proteção contra o coronavírus?

Não. A vacina da gripe só fornece proteção para as infecções respiratórias causadas pelo vírus Influenza, não tendo nenhum tipo de relação com o Coronavírus.

A campanha da gripe em 2021 na rede pública terá início no dia 12 de abril, esteja atento às datas e quais serão os grupos prioritários. Já na rede privada, as vacinas já estão disponíveis.

A composição da vacina da gripe é diferente todos os anos?

Sim, a vacina da gripe é reformulada anualmente, a fim de incluir as cepas de vírus circulantes recentemente na composição e proteger a população contra elas.

banner vacina da gripe

É recomendado um intervalo entre a vacina da gripe e a vacina do COVID-19?

A vacina da gripe pode ser aplicada simultaneamente com outras imunizações. Porém, para a vacina COVID-19, recomenda-se aguardar um intervalo de 14 dias antes e após a aplicação das doses necessárias.

“A vacina da gripe não é 100% eficaz, então não preciso tomar”

A eficácia da vacina da gripe é de cerca de 60% e 70%, porém é importantíssima para proteger você e as pessoas ao seu redor de contrair as infecções causadas pelo vírus Influenza e as formas graves delas.

É importante tomar as duas doses da vacina contra o COVID-19?

Sim! A vacina só será efetiva se todos tomarem as doses recomendadas de cada imunização.

Atualmente existem vários testes para COVID-19, em caso de suspeita, escolha o exame de preferência e agende no melhor dia e horário para você realizá-lo com segurança e confiabilidade no Laboratório Exame.

A vacina do COVID-19 ainda não está disponível na rede privada

Por enquanto, a vacina COVID-19 só está disponível nos serviços públicos de vacinação e apenas para os grupos considerados prioritários. Futuramente pode ser que a vacina esteja disponível também na rede privada.

A vacina do coronavírus afeta o DNA humano?

Não. A vacina do Coronavírus não é capaz de modificar o DNA ou RNA humano em nenhuma circunstância.

O papel da vacina é apenas induzir o organismo a produzir os anticorpos e células necessários para nos proteger de contrair a doença.